Fiol vai gerar até 60 mil novos empregos durante obras

|

 
Mineradora Bamin recebeu concessão para concluir obras de instalação da ferrovia que vai ligar Ilhéus a Caetité

Mina, ferrovia e porto. O contrato de concessão para a conclusão da fase I da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), deve gerar de 50 a 60 mil postos de trabalhos diretos e indiretos, conforme estimativa do ceo de Ferrovias da mineradora, Sérgio Márcio de Freitas Leite.  Ele participou hoje (21)  do Programa Política & Economia, apresentado pelo jornalista Donaldson Gomes, que discutiu as últimas novidades sobre o andamento do projeto que deve movimentar até 2026, investimentos de R$ 3,3 bilhões.

“São números muito expressivos que vão povoar com oportunidades o território do corredor com novas cadeias de empreendimentos e fornecimentos, empregos diretos e indiretos”, destacou.

“A procura da gente vai ser por pessoas que se adaptem ao novo jeito de trabalhar e que se comprometam com o sonho que nós temos. Essa, talvez, seja nossa tarefa mais importante entre tantas outras que a gente tem”, ressaltou.

Com 537 quilômetros de extensão, a Fiol I vai ligar Ilhéus a Caetité, passando pelos municípios de Ilhéus, Uruçuca, Aureliano Leal, Ubaitaba, Gongogi, Itagibá, Itagi, Jequié, Manoel Vitorino, Mirante, Tanhaçu, Aracatu, Brumado, Livramento de Nossa Senhora, Lagoa Real, Rio do Antônio, Ibiassucê e Caetité.

“Quando começamos o projeto da Companhia Siderúrgica do Pecém, no Ceará, por exemplo, nosso desafio era privilegiar o cearense. Hoje, essa unidade conta com 85% de mão de obra cearense. Essas pessoas anos chegaram  no mercado de trabalho sem qualquer experiência. Mas em processo seletivo baseado na vontade, a gente tem certeza que isso vai se concretizar aqui na Bahia também”, comparou Leite.

Em projetos que começam do zero essa é uma das principais preocupações e com o esforço de capacitação e formação.

“Com quem contaremos? Esse ‘quem’ é uma figura chave. Primeiro, porque precisamos. Segundo, porque precisamos formar essas pessoas e terceiro, porque precisamos entregar para a sociedade gente cada vez mais capacitada”, analisa.  

Outro ponto que o CEO de Ferrovias da Bamin destacou foi sobre a previsão de conclusão da obra, que deve ficar pronta no início de 2026. Nos próximos seis meses, antes de retomar a finalização do trecho, Sérgio Márcio de Freitas Leite afirmou que está sendo feito um estudo bem detalhado sobre todo o projeto.  “O contrato foi assinado há pouco mais de um mês, nós estamos agora mergulhados no trabalho de refinamento dos números para que quando a obra começar a acontecer, efetivamente, tenha um início bem harmônico”. 

A Fiol I foi arrematada em abril desse ano pela mineradora que opera a Mina Pedra de Ferro, em Caetité, com lance único no valor de R$ 32,73 milhões pela outorga. O contrato assinado no mês passado tem prazo de vigência de 35 anos. A operação do corredor logístico vai significar um aumento da capacidade de oferta de minério pela Bamin, de 1 milhão para 18 milhões de toneladas. A Bamin, inclusive, já pediu autorização para ampliar sua produção que começou em janeiro desse ano. 

“Eu creio fortemente que esse projeto integrado de mina, Porto Sul e Fiol vai trazer um novo patamar para a Bahia. Hoje a gente encontra no Brasil, um contexto muito mais receptivo do que aquele por qual o projeto da Fiol já passou. O clima atual é de receptividade, apoio, enorme compreensão e posso dizer até, de ansiedade para que siga em frente com todo sucesso que ele merece”, analisou o executivo.

Perspectivas
Durante o programa Leite trouxe também suas impressões sobre o potencial de investimento do setor privado nas concessões públicas. Para ele, ainda existe muito a ser feito. “Nós temos toda uma estrada para percorrer. Estamos vivendo o ‘boom’ das ferrovias e dos portos, porém, estamos atrasados no que diz respeito à integração de bacias. Mas esperamos que esse movimento de concessões se aqueça cada vez mais. Com a Fiol, a Bahia tem tudo para se mostrar para o Brasil como 3ª maior produtora de minérios de forma mais expressiva e autêntica”, disse.

O projeto da Fiol conta com mais duas etapas, a II e III, que estão nos planos das concessões que devem ser feitas pelo Governo Federal. Mesmo focada na etapa I, Leite não descarta o interesse da Bamin no leilão das outras fases da Ferrovia de Integração Oeste-Leste. Juntas, a Fiol I, II e III vão formar um corredor de escoamento com 1.527 quilômetros de trilhos.  “Faz sentido para a Bamin disputar os outros trechos da Fiol, mas ainda não chegou o tempo de discutirmos isso. Nosso foco agora é no trecho I. Nos próximos meses teremos mais clareza sobre o processo”.

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 26,5 milhões

|

 
Lotérica Ubatã

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2.421 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa quinta-feira (21) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

De acordo com a estimativa da Caixa, o prêmio acumulado para o próximo sorteio, no sábado (23), é de R$ 26,5 milhões. As dezenas sorteadas foram: 02 – 03 – 32 – 35 – 48 – 57 .

Thank you for watching

A quina registrou 49 apostas ganhadoras. Cada uma vai pagar R$ 47.248,93. A quadra teve 3.678  apostas vencedoras. Cada apostador receberá R$ 899,24.

As apostas para o concurso 2.422 podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo país ou pela internet. O volante, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

JEQUIÉ: ADOLESCENTE DE 14 ANOS QUE ESTAVA DESAPARECIDO É ENCONTRADO MORTO

|

 

Maxsuel Santos Oliveira, de 14 anos de idade, foi encontrado morto da manhã desta quinta-feira (21), em Jequié. Segundo informações preliminares, o adolescente morava no bairro Mandacaru. Ele [Maxsuel] saiu de casa na última terça-feira (19) pela manhã e não mais foi visto.

A família chegou a divulgar um cartaz nas redes sociais no intuito de encontra-lo com vida. O corpo de Maxuel foi encontrado na Rua Guimarães Rosa, no bairro Pompílio Sampaio, com marcas de tiros. A Delegacia Territorial (DT), abriu investigação para apurar a autoria e motivação do crime. 

(Com informações do Blog Junior Mascote)

Duas vítimas do ataque em Mar Grande foram transferidas para Salvador

|

 

Um ataque com facão deixou ao menos cinco feridos em Mar Grande, no município de Vera Cruz, nesta quinta-feira (21) 

De acordo com informações da 5ª CIPM, o caso ocorreu por volta de 12h30, na Praça de Mar Grande. Um homem em surto estava com dois facões e uma faca. Ele atacou cinco pessoas, entre elas um policial militar.

Thank you for watching

Para imobilizar o agressor, o policial atirou duas vezes contra o homem, que foi atingido na nádega e perna. Vídeos de moradores, que circulam pelas redes sociais, mostram o momento em que o PM dispara contra o homem.

Todos os envolvidos foram socorridos, inclusive o acusado. Três vítimas foram levadas para o Hospital Geral da Ilha, mas serão transferidas de ambulâncias para Salvador.

Outras duas vítimas precisaram ser transferidas para a capital pelo helicóptero do Grupamento Aéreo (Graer). Uma das vítimas chegou ao Hospital do Subúrbio por volta das 17h. Um médico do Samu acompanhou o translado. Em seguida, a aeronave retorna para Vera Cruz, para buscar a segunda vítima. (G1)


Homem é preso acusado de matar a esposa grávida a pauladas em Cravolândia

|

 

Um homem identificado como Gilvan Lima dos Santos foi preso, na quarta-feira (20), suspeito de matar a esposa com golpes de madeira, em Cravolândia, sudoeste do estado. A Polícia Civil informou que a vítima, Clemilda Lima dos Santos, estava com 28 semanas de gestação. A mãe e a criança ficaram internadas mas morreram no hospital, Clemilda Lima dos Santos, em Jequié.

Ainda de acordo com a polícia, o crime aconteceu no dia 10 de outubro. Após uma discussão, o homem agrediu a mulher com um pedaço de madeira, e a vítima sofreu um traumatismo craniano. Clemilda e o bebê foram socorridos e levados para a UTI do Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié, onde ficaram internados. A criança passou cinco dias na UTI mas não resistiu e morreu, na última sexta-feira (15). Já a mulher morreu na quarta-feira (20).

Segundo a investigação, Gilvan Lima dos Santos tentou suicídio logo após o crime e foi internado no mesmo hospital. No dia 15 de outubro ele recebeu alta e teve mandado de prisão cumprido na quarta-feira (20). Ele segue à disposição da Justiça e as investigações ainda devem ouvir testemunhas do caso.

A delegada Grazziele Quaresma, de Cravolândia, disse que o acusado pode ter a pena aumentada por conta da gravidez de Clemilda. “Trata-se de um feminicídio qualificado, observando que ele poderá ter a pena agravada pelo fato da vítima estar gestante, no momento das agressões. Ela chegou a ser socorrida por vizinhos, que a encontraram ferida na residência onde morava”, lamentou. 

 *Com informações do G1

STF DETERMINA PRISÃO DO BLOGUEIRO ALLAN DO SANTOS

|

 
Blogueiro Allan dos Santos – Foto: Alessandro Dantas/PT NO SENADO.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou a prisão preventiva e extradição do blogueiro Allan dos Santos, um dos principais militantes em defesa do presidente Jair Bolsonaro na internet. A decisão foi divulgada nesta terça-feira (21).

O ministro determinou a prisão no âmbito inquéritos que ele é alvo no Supremo. O ativista, que está nos Estados Unidos com visto vencido, é investigado em dois inquéritos: um de ataques contra ministros do Supremo e outro por participar de uma suposta milícia digital contra a democracia.

De acordo com a TV Globo, Moraes ordenou ainda que a Polícia Federal inclua o mandado de prisão na lista da Difusão Vermelha da Interpol, para garantir que Santos seja capturado e retorne ao Brasil.  Allan dos Santos é o principal nome do canal Terça Livre, que defende o conservadorismo na internet.

STF decide que pobre não tem de pagar honorários de advogado se perder ação trabalhista

|

 

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (20), por 6 votos a 4, que pessoas pobres, que têm direito à justiça gratuita, caso percam uma ação trabalhista, não terão que pagar os horários de peritos, nem dos advogados da parte vencedora.

A ação foi apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), que questionou mudanças feitas pela reforma trabalhista de 2017, que determinou que pessoas que têm direito à justiça gratuita terão que arcar com honorários de advogados e peritos, caso percam uma ação trabalhista. Os valores são bloqueados de créditos obtidos em outros processos.

Thank you for watching

A lei também prevê que, se faltar à audiência, o trabalhador terá que arcar com as custas. Neste caso, o STF decidiu manter a cobrança válida.

A justiça gratuita pode ser concedida aos trabalhadores que recebem salário igual ou inferior a 40% do limite máximo dos benefícios do Regime Geral de Previdência Social.

Com relação aos honorários, a maioria dos ministros seguiu o entendimento da divergência aberta pelo ministro Edson Fachin, que afirmou que as regras ferem o direito fundamental de acesso à Justiça.

“Verifica-se, a partir de tais restrições, uma possibilidade de negar-se direitos fundamentais dos trabalhadores”, afirmou Fachin.

Acompanharam o entendimento da maioria os ministros: Alexandre de Moraes, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli.

Moraes, Cármen Lúcia e Toffoli entenderam, no entanto, que as custas pela ausência em audiência são devidas.

O relator, Luís Roberto Barroso, votou a favor da cobrança. O ministro defendeu que existe desproporcionalidade na cobrança e que a limitação é importante para restringir a judicialização excessiva das relações de trabalho.

“O Estado tem o poder e dever de administrar o nível de litigância para que permaneça em níveis razoáveis”, afirmou Barroso em seu voto.

Os ministros Luiz Fux (presidente), Nunes Marques e Gilmar Mendes seguiram o relator. (G1)

Mega-sena sorteia prêmio acumulado em R$ 21 milhões hoje (21)

|

 

Lotérica de Ubatã

A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50 e pode ser feita pela internet ou em lotéricas credenciadas. 

A Mega-Sena sorteia, nesta quinta-feira (21), a partir das 20h, um prêmio acumulado em R$ 21 milhões pelo concurso 2.421. 

Este é o segundo sorteio da Mega-Semana da Sorte, que tem concurso ainda no sábado (23). 

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50. 

*Com informações da Agência Brasil. 

Suspensão de compras pela China pode reduzir preço da carne no Brasil

|

 

Os embarques de carne bovina do Brasil para a China foram suspensos em 4 de setembro cumprindo um protocolo firmado entre os dois países, que determina essa situação no caso da doença Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), conhecida como “vaca louca”.

A ausência da China no mercado interno brasileiro tem causado a desaceleração dos preços da arroba de boi gordo e prejudicado pecuaristas e frigoríficos.

Thank you for watching

Dados do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, mostram que a arroba alcançou R$ 272,55 nesta terça-feira (19), depois de ter caído a R$ 266,80 na sexta (15). Entre junho e julho chegou próximo de R$ 322.

Por conta da inesperada crise, a ministra Tereza Cristina (Agricultura) se dispôs a ir à China negociar a retomada das exportações ao país asiático, em carta enviada ao ministro-chefe da Administração Geral de Alfândegas chinês.
 

Além dos dois casos atípicos de vaca louca em Minas Gerais e Mato Grosso, no início de setembro, outros fatores devem ser levados em conta na retomada das compras pela China, como evolução menor do PIB no terceiro trimestre, crise energética e possíveis desajustes econômicos oriundos inclusive da gigante Evergrande.
 

A indústria brasileira sente a ausência do seu maior parceiro comercial, responsável por compras mensais de cerca de 100 mil toneladas de carne, especialmente num momento em que segurar animais em confinamentos representa aumento de custos ou queda de preço.
 

“Se fosse um período que o produtor poderia segurar o animal no pasto, como foi da outra vez, em 2019, final de safra, um período que ainda não tem tanto confinamento, [tudo bem]. Mas agora não, se segura esse animal o prejuízo aumenta. Ou porque aumenta o custo ou porque o preço cai, ou os dois. Então ele acaba tendo de desovar, o frigorífico também não tem muita alternativa de curto prazo, não tem um mercado externo que consiga absorver 100 mil toneladas no mês”, afirmou Castro.
 

Com isso, a persistência do cenário deverá fazer com que os preços caiam, favorecendo os consumidores.
 

“A carne já está proporcionalmente cara em relação ao preço do boi, se a gente olhar os últimos dias. Mas isso acontece, não necessariamente as coisas andam juntinhas. Agora é a hora que os frigoríficos que sofreram nos últimos dois anos, de terem de comprar boi caro e não ter habilitação para a China, tirarem um pouco a diferença […] Pode cair mais e acho que a carne não vai se sustentar se o boi continuar caindo. Isso tende a chegar ao consumidor, mas chega bem menos.”
 

Nesta terça-feira (19), o ministério enviou aos chefes do serviço de inspeção ofício-circular ampliando o tempo de armazenamento da carne em contêineres.
 

A certificação da carne bovina destinada à exportação para o país asiático está suspensa desde o dia 4 de setembro, por decisão do governo brasileiro, de acordo com o ministério, para atender a um protocolo sanitário firmado entre os países.
 

Conforme o documento, que atende a um pedido feito pelo setor produtivo, os estabelecimentos processadores estão autorizados por 60 dias a estocar em contêineres refrigerados a carne bovina que produziram antes da suspensão.
 

A avaliação do especialista em agronegócio é que os confinadores sofrem o principal impacto —já que muitos deles não tinham travas de preço e o resultado final fica comprometido, num cenário de custo de produção já elevado—, mas frigoríficos menores também são fortemente atingidos.
 

“Tem muitos frigoríficos pequenos que tinham exportação para a China e estão com problemas porque grande parte das receitas são oriundas da China.”
 

Já os grandes frigoríficos, avalia, conseguem eventualmente exportar a partir de outros países e têm musculatura para reorganizar fluxos e atravessar o período.
 

Para os frigoríficos que não exportam, o cenário é visto por Castro como benéfico, por comprarem o boi mais barato.
 

Procurada nesta quarta (20), a Abiec (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes) não comentou o assunto.

Os embarques de carne bovina do Brasil para a China foram suspensos em 4 de setembro cumprindo um protocolo firmado entre os dois países, que determina essa situação no caso da doença Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), conhecida como “vaca louca”.
 

A ausência da China no mercado interno brasileiro tem causado a desaceleração dos preços da arroba de boi gordo e prejudicado pecuaristas e frigoríficos.
 

Dados do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, mostram que a arroba alcançou R$ 272,55 nesta terça-feira (19), depois de ter caído a R$ 266,80 na sexta (15). Entre junho e julho chegou próximo de R$ 322.
 

Por conta da inesperada crise, a ministra Tereza Cristina (Agricultura) se dispôs a ir à China negociar a retomada das exportações ao país asiático, em carta enviada ao ministro-chefe da Administração Geral de Alfândegas chinês.
 

Além dos dois casos atípicos de vaca louca em Minas Gerais e Mato Grosso, no início de setembro, outros fatores devem ser levados em conta na retomada das compras pela China, como evolução menor do PIB no terceiro trimestre, crise energética e possíveis desajustes econômicos oriundos inclusive da gigante Evergrande.
 

A indústria brasileira sente a ausência do seu maior parceiro comercial, responsável por compras mensais de cerca de 100 mil toneladas de carne, especialmente num momento em que segurar animais em confinamentos representa aumento de custos ou queda de preço.
 

“Se fosse um período que o produtor poderia segurar o animal no pasto, como foi da outra vez, em 2019, final de safra, um período que ainda não tem tanto confinamento, [tudo bem]. Mas agora não, se segura esse animal o prejuízo aumenta. Ou porque aumenta o custo ou porque o preço cai, ou os dois. Então ele acaba tendo de desovar, o frigorífico também não tem muita alternativa de curto prazo, não tem um mercado externo que consiga absorver 100 mil toneladas no mês”, afirmou Castro.
 

Com isso, a persistência do cenário deverá fazer com que os preços caiam, favorecendo os consumidores.
 

“A carne já está proporcionalmente cara em relação ao preço do boi, se a gente olhar os últimos dias. Mas isso acontece, não necessariamente as coisas andam juntinhas. Agora é a hora que os frigoríficos que sofreram nos últimos dois anos, de terem de comprar boi caro e não ter habilitação para a China, tirarem um pouco a diferença […] Pode cair mais e acho que a carne não vai se sustentar se o boi continuar caindo. Isso tende a chegar ao consumidor, mas chega bem menos.”
 

Nesta terça-feira (19), o ministério enviou aos chefes do serviço de inspeção ofício-circular ampliando o tempo de armazenamento da carne em contêineres.
 

A certificação da carne bovina destinada à exportação para o país asiático está suspensa desde o dia 4 de setembro, por decisão do governo brasileiro, de acordo com o ministério, para atender a um protocolo sanitário firmado entre os países.
 

Conforme o documento, que atende a um pedido feito pelo setor produtivo, os estabelecimentos processadores estão autorizados por 60 dias a estocar em contêineres refrigerados a carne bovina que produziram antes da suspensão.
 

A avaliação do especialista em agronegócio é que os confinadores sofrem o principal impacto —já que muitos deles não tinham travas de preço e o resultado final fica comprometido, num cenário de custo de produção já elevado—, mas frigoríficos menores também são fortemente atingidos.
 

“Tem muitos frigoríficos pequenos que tinham exportação para a China e estão com problemas porque grande parte das receitas são oriundas da China.”
 

Já os grandes frigoríficos, avalia, conseguem eventualmente exportar a partir de outros países e têm musculatura para reorganizar fluxos e atravessar o período.
 

Para os frigoríficos que não exportam, o cenário é visto por Castro como benéfico, por comprarem o boi mais barato.
 

Procurada nesta quarta (20), a Abiec (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes) não comentou o assunto. (BN)

IBIRAPITANGA: DISCUSSÃO POR CAUSA DE FUTEBOL QUASE TERMINA EM TRAGÉDIA

|

 

Na noite da última segunda (18), uma discussão quase termina em morte na cidade de Ibirapitanga. Um homem sofreu vários golpes de facão, que o atingiram nas costas e nos braços.

A vítima foi identificada como Antônio Queiroz, que veio socorrido pela ambulância da cidade de Ibirapitanga, até o Hospital de Base, em Itabuna. O agressor fugiu do local. Segundo informações, a motivação para o atentado, teria sido fútil, simplesmente por causa de futebol.

  (Com informações do RBN)

Ilhéus: Acarajé da Bengue foi o Buffet especial na festa de casamento de Isaquías Queiroz

|

 

Ídolo na categoria, Isaquias fez uma cerimônia na beira da praia e fez questão de registrar todos os momentos nas redes sociais. Da cerimônia à festa, os fãs do atleta puderam desfrutar do momento especial da vida do baiano de ouro.

Ele subiu ao altar ao lado de sua companheira Laina, com quem tem o filho Sebastian, de três anos.

Uma das convidadas e amigas de longas datas de Isaquias, Bengue, preparou um Buffet especial típico da culinária baiana e muito apreciada pelo canoista.








Rui Costa processa prefeito de Uruçuca e pede R$ 23 mil em indenização; veja motivo

|

 

O governador Rui Costa (PT) pede na Justiça uma indenização de R$ 23 mil por danos morais em um processo que move contra o prefeito de Uruçuca, Moacyr Leite (DEM), no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

A defesa alega que o chefe do Executivo baiano teve a honra ofendida a partir das declarações feitas pelo prefeito durante uma entrevista de que Rui foi eleito usando dinheiro que teria sido desviado na ocasião da construção da sede da Petrobras, na Pituba, em Salvador.  

Thank you for watching

A defesa alega que o chefe do Executivo baiano teve a honra ofendida a partir das declarações feitas pelo prefeito durante uma entrevista de que Rui foi eleito usando dinheiro que teria sido desviado na ocasião da construção da sede da Petrobras, na Pituba, em Salvador.  

“Ao seu PT, partido que mais roubou no brasil, o partido que… o senhor foi eleito com o dinheiro roubado da Petrobras, da construção da sede da Petrobras na Pituba, Governador Rui Costa, o senhor foi eleito com esse dinheiro que o Governador Jacques Wagner Roubou e usou para eleger o senhor, Vossa Excelência Governador Rui Costa!” [sic], diz trecho do processo, ao qual o BNews teve acesso com exclusividade.

Segundo a defesa do governador, o fato de Moacyr ter dito tais coisas na condição de prefeito “inquestionavelmente contribuiu para que tal filmagem fosse amplamente divulgada pela mídia local, acentuando o grau de ofensa à moral do Acionante”. 

(Bocao News)


Ubatã: VEM AI O 1° TORNEIO DE CARABINA DE PRESSÃO ESPORTIVO

|

 
O torneio será realizado no Colégio Estadual de Ubatã.

1º TORNEIO DE TIRO ESPORTIVO COM CARABINA DE PRESSÃO REÚNE ESPORTISTAS DE UBATÃ E REGIÃO

O município de Ubatã - BA vai ser sede do 1º Torneio de Carabina de Pressão, que será realizado no dia 24 de Outubro, o evento vai reunir Competidores dessa Modalidade esportiva da região, e será realizado no Colégio Estadual - CEU.

O torneio é Organizado por Paulo Azevedo em parceria com a loja PH Artigos Militar e o Centro de Operações e Treinamentos Tático – COTT. O mesmo contou com apoio do comércio de Ubatã. A organização do torneio confirmou a presença de competidores de várias cidades. 

O 1º torneio de carabina de pressão de Ubatã terá duas categorias 10 metros mata - mata e 15 metros mira aberta para definir as colocações o torneio terá a seguinte premiação.

1º Lugar - Uma Pistola de Pressão Co2 Comandem 1911 - 4.5 + Troféu

2º Lugar - Uma caixa de açaí + Troféu

3º Lugar - Um Relógio de Sobrevivência + Troféu

4º Lugar - Um Troféu

O torneio vai ser realizado no dia 24 de novembro no domingo. Maiores Informações sobre o torneio entrar em contato: 

Paulo Azevedo - (73)98234-8915

Mulher é morta a tiros pelo ex-companheiro em Juazeiro; suspeito não aceitava fim de relacionamento, diz polícia

|

 

Uma mulher de 44 anos foi morta a tiros pelo ex-companheiro, em Juazeiro, no norte da Bahia. Segundo a polícia, o homem se suicidou após matar a vítima.

De acordo com a Polícia Civil, o caso aconteceu na terça-feira (19), no povoado de Aldeia, que fica no Junco, zona rural do município. As investigações apontam que o suspeito cometeu o crime por não aceitar o fim do relacionamento.

Thank you for watching

Segundo informações de familiares, o relacionamento do casal era conturbado e a vítima, identificada como Rosimeire Reis dos Santos, já teria sido ameaçada e agredida pelo suspeito anteriormente.

Rosemeire tinha seis filhos, um deles com o suspeito de cometer o crime, identificado como João Batista. O corpo dela foi liberado do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Juazeiro, no início da da tarde desta quarta-feira (20). 

(G1)

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora