Morre no Hospital de Base jovem que se envolveu em acidente em Itabuna

|


Morreu na manhã deste sábado (31)  no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna, o jovem Ednei Nascimento Oliveira. Ney, como era popularmente conhecido, estava internado desde a madrugada do dia 03 de julho, após se envolver em um acidente ocorrido na Avenida Manoel Chaves.

Na ocasião, Ney colidiu violentamente contra a carroceria de um caminhão que estava parado na avenida. 

No mesmo dia que Ednei foi internado, ele passou por dois procedimentos cirúrgicos, sendo um na perna, e outro na região abdominal, já que houve lesão interna em um dos rins. E na última segunda-feira (26), Ednei teve uma de suas pernas amputadas.

Ele vinha nesse longo período desacordado, mais em um quadro estável, até que na noite desta sexta-feira (30), a esposa dele, Lívia, recebeu a notícia do corpo clínico do HBLEM de que Ney não evoluiu muito bem, e teve uma queda de hipotensão severa durante a hemodiálise.

Ednei trabalhava em uma concessionária de veículos em Itabuna, e deixa esposa e uma “filhinha” de aproximadamente um ano. O corpo dele será sepultado em Banco Central, distrito de Ilhéus.

Acidente entre carro, ambulância e carreta deixa cinco pessoas mortas no oeste da Bahia

|

Foto: Reprodução

Um acidente grave entre três veículos causou a morte de cinco pessoas, na manhã de sexta-feira (30) em Luís Eduardo Magalhães, oeste do estado, na BR-242. Todas as vítimas estavam no mesmo veículo, que seguia de São Paulo com destino a Sergipe.



De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caso ocorreu por volta das 8h30min. As primeiras informações dão conta que uma ambulância tentou ultrapassar uma carreta, quando atingiu um carro de passeio. Com o impacto, o carro também bateu contra a carreta e ficou totalmente destruído

Dos cinco ocupantes do veículo, quatro morreram na hora e um chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu.

Ainda não há informações se as vítimas eram da mesma família. O carro onde elas estavam era alugado. A polícia tenta localizar parentes dos mortos. Os corpos foram removidos pelo Departamento de Polícia Técnica para perícia. (Verdinho)

Bandidos filmam execução a tiros de mulher no Paraná

|

Foto: Redes sociais


Casa da vítima foi pichada com a sigla de uma facção criminosa e vídeo do

crime foi publicado nas redes sociais

Uma mulher foi executada a tiros dentro de casa, na tarde desta sexta-feira (30/7). O crime ocorreu por volta das 16h na rua Domingos Madalosso, no bairro Bom Retiro, em Matinhos, no litoral do Paraná. As primeiras investigações apontam para uma guerra do tráfico como motivação da morte


Dois suspeitos, não identificados, chegaram ao local a bordo de um veículo de cor prata, renderam alguns dos quatro filhos de Vera Lucia Ribeiro, de 41 anos, e foram até um cômodo onde ela estava deitada. A vítima não teve chance de reagir e foi atingida com vários tiros.

(Metrópoles)

Mistério no DF: Homem é intubado com Covid-19 e acorda com cabeça rachada

|

Foto: Reprodução

As sequelas provocadas pela Covid-19 não foram as únicas marcas deixadas no corpo de um brasiliense de 44 anos. Após quase um mês de luta contra a doença, o homem acordou na cama de um hospital com um corte profundo na cabeça. O paciente, internado em três unidades diferentes, sendo duas da rede pública de saúde do Distrito Federal, não faz a menor ideia de como se feriu de forma tão violenta.  

Doce Mel

De acordo com a reportagem, uma ocorrência foi registrada pela vítima na Delegacia Eletrônica, da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). O caso deverá ser repassado para uma das unidades circunscricionais da corporação. Com a condição de não ser identificado, o homem concordou em contar detalhes sobre os 26 dias em que esteve internado nos hospitais regionais da Asa Norte (Hran) e do Paranoá (HRPa), além do particular Daher, no Lago Sul.

Thank you for watching

Ele diz que trabalha como porteiro em um condomínio no Jardim Botânico e foi internado em 3 de julho no Hospital do Paranoá, após complicações provocadas pela Covid-19. Em virtude da gravidade do quadro, o paciente acabou sendo transferido, no mesmo dia, para o Hospital Regional da Asa Norte.

“Fiquei no Hran durante três dias, onde cheguei sem nenhum corte na cabeça. Em 5 de julho, tive de ser intubado pois estava com falta de ar e com o pulmão muito comprometido”, recordou.

O paciente disse que recebeu uma sedação muito forte e mesmo intubado foi transferido, de ambulância, em 5 de julho, para o hospital Daher, no Lago Sul. “Minha esposa comentou que ao chegar no Daher eu já apresentava esse corte na cabeça. Mesmo assim, fiquei seis dias na UTI. No dia 10 de julho, fui extubado e, quando acordei, o médico me perguntou sobre o corte na cabeça. Eu não soube explicar porque cheguei no Hran sem corte e não relatam sobre o corte na cabeça para minha esposa”, desabafou.

O paciente permaneceu por 10 dias no hospital Daher, esperando uma vaga na emergência de algum hospital público. Em 22 de julho, foi transferido para o Hospital do Paranoá, onde ficou até receber alta e ir para casa, no último dia 26.

“Desde então venho lutando com esse corte, que não cicatriza e ninguém diz o que o provocou. Espero que a polícia consiga chegar a essa resposta”, disse.

O porteiro comentou ter passado por uma série de problemas no trabalho devido ao corte, além de sofrer constrangimentos. “Tive que passar a trabalhar de touca, pois, a todo instante, alguém passava pela portaria e perguntava o que havia ocorrido com a minha cabeça. Isso me deixa extremamente constrangido. A impressão é que tentaram fazer uma lobotomia malsucedida”, reclamou.

Procurada pela reportagem, a Secretaria de Saúde do DF ressaltou que o corte não teria ocorrido nas dependências de hospitais da rede pública. “A direção do Hospital Regional da Asa Norte afirma que desde a entrada do paciente até a sua saída não foi constatado nenhum corte na cabeça, conforme está sendo afirmado. A direção assegura que esse corte não ocorreu nas dependências da unidade”, diz a nota enviada pela pasta. (Portal Metrópoles)

'Promessas e conversas, nada mais que isso', diz Robson Conceição sobre Rui

|

Foto: Reprodução

Após o governador Rui Costa (PT) não ter cumprido a promessa de construir um Centro de Boxe Olímpico em Salvador (saiba mais aqui), o baiano Robson Conceição, campeão da modalidade nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016, manifestou sua indignação. 

"Promessas e conversas, nada mais que isso", escreveu o pugilista, em postagem feita sobre o assunto no Instagram do Bahia Notícias.


Essa não é a primeira vez que Robson alfineta políticos. Em 2016, logo após sua conquista, ele afirmou que muitos foram até a casa dele para tentar obter vantagens com seu sucesso. 

 

"Estão aparecendo vários candidatos e vereadores querendo que minha mãe e o pessoal lá em casa assine alguns documentos para informar que eles me ajudaram de alguma forma. Na verdade, não fizeram nada comigo e agora querem aparecer em fotos, estar do meu lado, sempre para aproveitar a oportunidade. Porém, nunca fizeram nada por mim", afirmou, na época. 

 

O Centro Olímpico de Boxe foi prometido por Rui logo após a medalha do lutador. Inicialmente, as obras estavam previstas para começar em 2017. Depois, a estimativa mudou para início de 2019, e até hoje não saiu do papel.

 

Ainda nesta quinta-feira (29), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) indeferiu o projeto do governo da Bahia para construir a Arena de Lutas da Bahia (ou Centro Olímpico de Boxe) na Avenida Luís Tarquínio, na Boa Viagem, em Salvador, ao lado do Palacete Machado, também conhecido como antigo abrigo D. Pedro II (veja aqui). 

 

Esse era o espaço previsto pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) para construir o Centro. (BN Esportes)


"Em Ubatã qualquer promessa semelhante feita pelo governador não passa de mera coincidência. " (Ubatã Sul Notícias)

Barra do Rocha: Homem é encontrado enforcado na Praça de Eventos

|

Corpo foi encontrado pendurado na grade de proteção do Palco da praça (Foto: Marvem Medrado)


Um homem foi encontrado morto por volta das 04h30 desse sábado (31), na praça de eventos da cidade de Barra do Rocha. A suspeita é que tenha cometido suicídio. O corpo foi encontrado enforcado e pendurado numa barra de proteção instalada no palco da praça. 

Um morador que passava no local pela madrugada, avistou o homem morto e acionou a Polícia Militar. De acordo com as informações preliminares, o homem identificado como Eduardo Cleidson Alarcão, de 40 anos, era natural de Brasília, mas morava em Itacaré há cerca de 2 anos, e estava de visita em Barra do Rocha, para participar do aniversário da sobrinha de sua companheira. 

Pessoas que o conheciam afirmaram que em momento algum ele deu sinal que estivesse com algum quadro depressivo e que fosse capaz de cometer suicídio. A PM acionou o DPT que realizou a remoção do corpo encaminhando-o para o IML de Jequié. (Giro em Ipiaú)

Mulher com mandado de prisão em aberto por roubo é presa durante enterro do pai em cidade da Bahia

|

Foto: Reprodução

Uma mulher de 32 anos, que tinha mandado de prisão em aberto por roubo, foi presa durante o enterro do pai na quinta-feira (29), em Ribeira do Pombal, no norte da Bahia. A informação é da Polícia Civil.

Segundo o delegado Vitor Tenório Lima, a mulher estava foragida desde 2019, quando teve a prisão domiciliar revogada pela Justiça.

Thank you for watching

Ainda segundo o delegado, o crime ocorreu em 2017, no povoado de Matoso, na zona rural de Paripiranga, e ela ficou quase dois anos cumprindo a ordem judicial em casa.

A polícia informou que investigações realizadas pela Delegacia Territorial (DT) de Euclides da Cunha resultaram na localização da suspeita.

A mulher está custodiada na DT/Ribeira do Pombal, foi submetida a exames de lesões corporais e está à disposição do Poder Judiciário. Ela deve ser encaminhada para o sistema prisional. (G1)

 

©2011 Ubatã Sul Notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora