Capitão Alden critica apoio de partido de esquerda do Brasil aos ataques russos: “Querem o caos”

|

 

Durante a sua participação na Brado Rádio, nesta quarta-feira (2), o deputado estadual Capitão Alden lamentou que opositores ao governo do presidente Jair Bolsonaro sempre busquem uma narrativa contra o chefe do Executivo Federal com o intuito de promover os seus ideais políticos.


Alden chamou atenção para a postura do presidente com relação à guerra que acontece entre a Rússia e a Ucrânia. O parlamentar afirmou que se Bolsonaro escolhesse um lado neste confronto, automaticamente, a esquerda iria para o outro.


“Se Bolsonaro tivesse opinado por apoiado A ou B nesta guerra, aí estariam dizendo que ele é genocida, que o presidente estaria querendo envolver o país em uma terceira guerra mundial e que ele quer implantar o fascismo. Tudo em busca da narrativa. Não importa o que Bolsonaro diga, eles sempre serão oposição. Se o presidente for a favor, por exemplo, da cura do câncer, eles vão divulgar que são a favor da doença”, disse o deputado.


Comentando sobre a nota divulgada pelo Partido da Causa Operária (PCO), que se manifestou a favor da Rússia no confronto, Alden chamou atenção para que a população fique atenta às narrativas e que se lembre desses discursos quando chegar o tempo de escolher os seus representantes neste ano de eleição.


“Lendo essa nota do PCO se tem claramente a ideia de quem esses caras servem, o objetivo principal e primordial. Eles querem o caos, a desordem. É muito fácil escolher para nos representar”, pontuou.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora