Dia das Mães: Capitão Alden enfatiza maternidade em projetos protocolados durante mandato

|

 


O domingo, dia 8 de maio, é lembrado nacionalmente como do Dia das Mães, e o deputado estadual Capitão Alden (PL), fazendo valer valores conservadores de defesa da família, lembrou de proposição do seu mandato que enfatizam a importância da maternidade e protege as mães de toda Bahia. 


Em 2019, o parlamentar indicou ao governador Rui Costa o projeto 23.156/2019, que trata sobre a criação de ações para a redução de impostos estaduais, objetivando incentivo à Licença Maternidade para as empregadas das empresas participantes do Programa Empresa Cidadã. 


"Sugerimos ao Governo do Estado que houvesse redução de impostos para estimular que empresas participem de programa que garante o direito a 180 dias de licença maternidade. É sobre menos impostos e mais tempos das mães com os seus filhos", disse o parlamentar. 


No mesmo ano, sob o número 23.362/2019, Alden também indicou a modificação no prazo da licença paternidade dos policiais militares, bombeiros militares e policiais civis da Bahia para quarenta dias. 


Sabendo, também, que a violência contra a mulher e as mães solteiras ainda é um tema recorrente nas principais metrópoles e cidades do interior do Brasil, o deputado Capitão Alden relembrou também que partiu do seu gabinete a proposta de criar e ofertar aulas e curso de defesa pessoal, tiro de defesa e noções de sobrevivência urbana para mulheres vítimas de violência no estado. 


Na prática, de acordo com o deputado Bolsonarista, o projeto, protocolado sob o número 24.247/2021, visa a implementação de medidas efetivas a favor do público feminino em situação de violência. “O curso poderá ser realizado em espaços da Rede de Atendimento às mulheres em situação de violência doméstica e familiar, Centros de Referência de Assistência Social, Escola e Clubes de Tiro, Academias de Defesa Pessoal, de Artes Marciais e de Treinamento e Sobrevivência Urbana, ou em Instituições Públicas e Privadas, adequadas para esta finalidade, devidamente registradas nos órgãos competentes”, explica Alden.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora