”Estamos lutando por liberdade”, diz Capitão Alden em manifestação bolsonarista no Jardim de Alah

|

 

Alden esteve ao lado de João Roma mais uma vez esta semana

Ao subir no trio e discursar para milhares de patriotas que se encontravam em manifestação no Jardim de Alah, em Salvador, na manhã deste domingo (1), o deputado estadual Capitão Alden (PL) enfatizou o intuito da realização: liberdade. 


Junto ao pré-candidato ao Governo do Estado, João Roma, Alden afirmou que os baianos estão “gritando” por liberdade, bem como por dias melhores na Segurança Pública da Bahia. Roma e o Capitão, inclusive,  estiveram juntos na última semana em almoço com empresários apoiadores do ex-ministro da Cidadania, que aconteceu em um shopping de Salvador. 


“Essa manifestação que acontece aqui tem apenas um objetivo: a liberdade, e nada a mais. Os governos do PT nos fazem reféns do seu sistema ditatorial que em nada valoriza os baianos. Sofremos com a atual situação da Segurança Pública, pois a Bahia ano após ano ocupa os primeiros lugares como um dos estados que mais tem registros de homicídios. Não aguentamos mais. A Bahia, hoje, diz ao Brasil que quer caminhar lado a lado ao nosso país, ao governo do presidente Jair Bolsonaro”, disse o deputado. 


O parlamentar, que foi ovacionado durante toda a sua presença no local da manifestação, lembrou que durante o seu mandato na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) tentaram limitar a sua atuação. 


“Tentaram fazer com que eu deixasse de fiscalizar o poder executivo, e até me suspenderam por 30 dias. Agora imagine: onde vamos parar?  Quiseram fazer com que um deputado deixasse de fazer o que ele foi eleito para fazer, que é fiscalizar. Mas não vão vencer. 

Na Alba, também, fui o único bolsonarista a votar contra o que chamam de Lei das Fakes News, que tem o intuito de punir em R$5 mil a R$20 mil reais quem compartilha notícias, principalmente sobre a Covid-19, que eles julgam como falsas. 

Mas quem vai julgar o que é Fake News? Pois é, meus amigos. Está mais do que claro o intuito deles. Mas a Bahia diz, hoje, que eles não vão conseguir”, completou.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora