Dia da Conscientização, Combate à Intolerância e a Vitimização Policial é lembrado pelo Capitão Alden e Soldado Prisco

|

 


De autoria do deputado estadual Capitão Alden, a Lei 14.276/2020, que trata sobre Conscientização, Combate à Intolerância e a Vitimização Policial na Bahia, está registrada neste dia 9 de junho. Nesta quinta-feira, o parlamentar lembrou da necessidade de pensar projetos e ações que valorizem e protejam os agentes de Segurança Pública. 


“Infelizmente, é claro que a nossa Segurança Pública está entregue às traças. Vivemos hoje em um estado que é um dos mais perigosos do Brasil. Estamos perdendo muitos irmãos de batalha por conta da falta de estrutura, de debates, de valorização e responsabilidade. A proposta em indicar o Dia da Conscientização, Combate à Intolerância e a Vitimização Policial na Bahia tem justamente este objetivo de lembrar dos que já foram e juntar forças para que a criminalidade não faça mais vítimas”, disse o deputado Capitão Alden, que fez a proposta no ano de 2019 em homenagem ao Cabo PM Gonzaga, assassinado de forma brutal em Salvador por criminosos. 


O deputado estadual Soldado Prisco, que também tem como bandeira de mandato a valorização policial, enfatizou a necessidade do tema, bem como de ressaltar com os órgãos públicos a importância de proteger os agentes.


“É preciso chamar a atenção para a importante temática. Pedimos, também, às esferas públicas que se importem em discutir o tema. Nos últimos dias, estamos vendo como nós, policiais, estamos expostos. Muitos estão perdendo a vida por conta da falta de valorização profissional”, pontuou Prisco.


De acordo com a Polícia Militar, somente este ano já foram registrados cinco homicídios de policiais na Bahia. No ano passado, esse total foi de 23 policiais mortos.  Em 2020, o número de baixas na corporação foi de 13. Ainda de acordo com os números da PM, dos cinco policiais mortos neste ano, um estava em serviço, três de folga e um era da reserva. Em 2020, do total de 13, 12 PMs foram mortos em serviço. Já em 2021, do universo de 23 mortos,  oito estavam em serviço, oito de folga e sete eram da reserva.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora