Capitão Alden participa de reunião na PGE para tratar da Pensão Militar

|

 


Deputado segue na defesa das viúvas dos militares mortos

A Pensão Militar foi tema da reunião na Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE), na noite da última quinta-feira (28). Na oportunidade o deputado Capitão Alden (PL) contou com as presenças das associações representativas dos militares baianos: Força Invicta, APPM e Aspra, além também da participação do deputado Pastor Sargento Isidorio (Avante) e do procurador-geral da PGE, Paulo Moreno. O advogado Jeoas Santos, que participou do encontro, representou o deputado Soldado Prisco (UB).


O deputado Capitão Alden ressaltou a necessidade de se chegar a uma solução rápida, pois ele considera o sofrimento das viúvas algo cruel. O parlamentar destacou ainda que existem formas para se resolver o problema, mas basta o Governo do Estado querer fazer. “Falei para o Procurador-Geral da existência de estados que utilizam a Lei Federal em sua integralidade. Por que a Bahia tem que ser o ponto fora da curva?”, questiona Alden. 


Outro ponto questionado pelo Capitão Alden é a falta de assistência da gestão Rui Costa com as famílias dos policiais mortos. O deputado considerou como um absurdo as viúvas estarem a todo este tempo sem amparo dos órgãos estaduais que atuam com assistência social. “Cadê o Governo do Estado com o acolhimento das viúvas neste momento que choram as mortes dos seus esposos mortos? Será que esses policiais não terão sossego nem depois de mortos?”, reclama Alden.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora