Mulher é agredida e jogada em buraco de 3 metros em Londrina (PR)

|

 

Foto: Reprodução

A vítima de 32 anos foi socorrida e levada com vários ferimentos pelo corpo para uma hospital

Uma mulher foi encontrada com várias marcas de agressão pelo corpo dentro de um buraco com cerca de 3 metros de profundidade em Londrina, no norte do Paraná, na tarde desta quinta-feira (15).

Uma denúncia anônima feita na sede operacional da Guarda Municipal levou os agentes até uma construção abandonada que fica na Rua Chile.

Mulher foi encontrada em um buraco com cerca de 3 metros de profundidade, em Londrina — Foto: Guarda Municipal/Divulgação


O guarda municipal Gnecco contou que o denunciante contou que a mulher foi agredida a noite inteira e abandonada no buraco. Os agressores voltariam na noite desta quinta-feira (15) para matá-la, ainda conforme relatou o denunciante para a Guarda Municipal.

“O terreno é grande e fizemos uma varredura, procuramos tudo quanto foi tampa. A mulher estava nesse buraco que foi aberto para passar um tubulação de água ou esgoto. O buraco foi fechado com uma tampa de cimento e por cima foram colocados galhos, pedaços de pau e entulhos de construção para não chamar a atenção”, contou o guarda municipal.

Os bombeiros foram chamados e retiraram a mulher, que tem 32 anos, do local. Segundo a Guarda Municipal, ela estava com ferimentos na cabeça, rosto, barriga, pernas e com as duas mãos quebradas.

Aos guardas municipais a vítima contou que estava passando pela região e sentiu uma pancada forte na cabeça. Quanto retomou os sentidos, estava sendo agredida com tijoladas e pauladas.

“Ela disse que foi deixada no buraco às 3h da manhã. Nós a encontramos por volta das 14h50. Estava muito ferida e desidratada”, contou o GM Gnecco.

Além do Guarda Municipal Gnecco, a mulher também foi encontrada com a ajuda do GM Walter e do supervisor Hanriete.

Após ser socorrida, ela foi levada ao hospital Santa Casa de Londrina. A instituição informou que a vítima sofreu politraumatismo e está consciente. O estado de saúde é considerado regular.

As informações são do G1.

Publicidade Ubatã Sul Notícias




0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora