Presidente do PSDB diz lamentar agressões em ato contra Bolsonaro

|

 

Foto: Reprodução/ Redes Sociais


Neste sábado, militantes do PCO agrediram integrantes do grupo da diversidade do PSDB durante o protesto


O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, divulgou uma nota em que diz lamentar as agressões sofridas pelos militantes do partido na manifestação contra Jair Bolsonaro, na avenida Paulista.

Araújo afirmou que a legenda não participou “institucionalmente” dos atos em razão da pandemia de Covid.

Por outro lado, qualquer militante do partido é livre para se posicionar politicamente.

Dito isso, lamentamos e condenamos as agressões aos nossos simpatizantes ou aos de qualquer posição política como as que ocorreram no evento do município de São Paulo. Foram atitudes que agridem a democracia.”

Como mostramos, militantes do Partido da Causa Operária (PCO), sigla de extrema esquerda, atiraram ovos e partiram para cima de integrantes do grupo da diversidade do PSDB durante o protesto.

(O Antagonista)

0 comentários:

Postar um comentário

OBRIGADO PELO COMENTÁRIO

 

©2011 Ubatã Sul Notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora