Capitão Alden rebate críticas feitas pelo líder da bancada governista na Alba; assista ao vídeo

|

 

Deputado bolsonarista é contra o “Passaporte Sanitário” e fará Audiência Pública


A sessão da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) na manhã desta terça-feira (7), foi marcada por algumas peculiaridades, principalmente, por ter ocorrido em horário diferente do convencional, que em geral ocorre pela tarde, mas hoje foi no turno oposto. Além disso, houve a polarização de opiniões sobre o “Passaporte Sanitário”, o deputado estadual Capitão Alden (PSL) reforçou sua posição contrária à implantação da exigência de comprovação de vacinação contra a Covid-19. Para o bolsonarista os cidadãos não podem ser obrigados a ter que apresentar cartão de vacinação ou qualquer documento referente a imunização. 


O líder da Bancada da Base do Governo na Alba, o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), é defensor do “Passaporte Sanitário” e fez duras críticas ao Capitão Alden, além disso, afirmou que o seu colega faz um “desserviço” na Casa. 


Vale destacar que o deputado estadual Capitão Alden, que se pronunciou durante a sessão, foi bem claro em destacar sua preocupação pela ausência de debate sobre o “Passaporte de Vacina” na Alba. O político reforçou seu pedido de Audiência Pública sobre o tema na Casa e mais uma destacou que não concorda com a imposição de apresentação de comprovação de vacinação. 


“O nobre colega alega que faço um 'desserviço', mas será que 'desserviço' não é o adjetivo apropriado para o governador que ele está defendendo? Pois, querer empurrar ‘goela abaixo’ medidas arbitrárias ao povo baiano isso sim que não pode ocorrer”, afirma Alden.


O bolsonarista rechaçou as críticas feitas pelo petista ao deputado estadual Kelps Lima, parlamentar do Rio Grande do Norte, pois Rosemberg Pinto não concordou com as falas feitas sobre as investigações da CPI-RN que investiga o caso dos respiradores. “Muito fácil criticar o deputado Kelps Lima, mas cadê uma argumentação legítima para justificar o escândalo dos respiradores? A Assembleia do Rio Grande do Norte nos dá um exemplo de como deveremos proceder com a CPI-BA que será realizada aqui para dar a devida resposta ao povo baiano”, comenta Alden.



0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora