“Vão ter que me engolir”, disse Capitão Alden após ser vítima de mais uma fake news

|

 

Deputado Estadual Capitão Alden

Em sua participação na Brado Rádio nesta segunda-feira (24), o deputado estadual Capitão Alden reafirmou o seu compromisso com o presidente Jair Bolsonaro e com as pautas de Direita Conservadora do estado e do país, criticando quem está criando “fake news” sobre a sua atuação como parlamentar nos últimos dias. 


Só neste mês de janeiro, Capitão Alden foi vítima de três notícias mentirosas. A última, por sinal, apontava uma aproximação ao governador Rui Costa, do PT, justamente o agente político mais criticado pelo deputado nesses três anos de mandato na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). 


Para Alden, os ataques feitos são de grupos ditos de “Direita” que não valorizam o seu trabalho como defensor do Governo Bolsonaro. O deputado, inclusive, recebeu premiação na Alba no ano passado como um dos parlamentares mais atuantes em eleição feita pela imprensa.


“Eu não vou ficar alimentando esse tipo de conversa, mas o recado que eu deixo é que eu fico impressionado com a capacidade dessas pessoas em tentar inovar e criar artifícios para nos atingir. Mas o fato é que, vocês gostando não, vão ter que me engolir. O que mais tenho nesses últimos três anos é trabalho. Afirmo, categoricamente, que nunca perdi meu tempo falando de pessoas, falo de projetos, de ações, combate à esquerda. Vou continuar cumprindo este papel. Por mais que vocês tentem negar, a verdade está aí”, disse o parlamentar.


Capitão Alden ainda cobrou união dos conversadores para que as bancadas de Direita na Assembleia e na Câmara Federal aumentem. 


“A estratégia de dividir para conquistar é da esquerda, e não da Direita. Não podemos seguir a cartilha deles. Vamos procurar fazer movimentos, cobrar a instalação da CPI dos respiradores, vamos organizar carreatas ao invés de tentar desgastar a imagem de quem realmente trabalha. Mas o recado que deixo é: não vão conseguir. No dia que eu simplesmente deixar de acreditar naquilo que eu faço, eu renuncio o meu cargo, pois não terei mais uma missão a cumprir. Estão totalmente enganados se acham que vão me abalar com essas Fake News”, completou o deputado.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora