Vítima de estupro reage e mata agressor com golpe de jiu-jitsu

|

 

Ação - Reação - Uma mulher que teria sido estuprada, neste sábado (30), reagiu com um golpe de jiu-jitsu conhecido como mata-leão, matando o criminoso. O caso ocorreu na Vila Perus, Zona Oeste de São Paulo.

De acordo com a polícia, duas mulheres teriam sofrido abuso, mas uma fugiu. Elas foram abordadas quando retornavam de uma festa noturna.

– Elas teriam curtido a noite em um determinado local próximo de onde se deram os fatos, quando estavam retornando para casa foram abordadas por um cara que consumou o ato em relação a uma delas, chegou a estuprar uma das mulheres. Ela conseguiu se desvencilhar dele e deu um mata-leão e acabou matando esse cara enforcado – contou a tenente Beatriz Miscow, da Polícia Militar (PM) em entrevista à Band.

Ainda de acordo com a tenente, a mulher pediu socorro para os populares que foram ajudar, mas a morte já tinha acontecido. Ela já tinha conseguido conter o agressor, e ele morreu enforcado.

Logo depois, a vítima do estupro foi encaminhada ao Hospital Pérola Byington.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora