segunda-feira, 19 de abril de 2021

" Quem não deve, não teme": Deputado Bolsonarista quer CPI na Bahia



Capitão Alden defende a instauração de Comissão Parlamentar de Inquérito na Alba 

 

“Reafirmo que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) é necessária para que tenhamos conhecimento dos gastos do governo baiano na crise sanitária, especialmente, os relacionados à compra de respiradores”, essa declaração do deputado estadual Capitão Alden, uma das principais vozes Bolsonaristas na Bahia, reacende a urgente necessidade de maior transparência dos atos do Poder Executivo estadual.

 

Para o parlamentar, a gestão Rui Costa segue sem dar os devidos esclarecimentos sobre o contrato firmado sem licitação para aquisição de respiradores por cerca de R$ 100 milhões, que segundo ele, foi pago antecipadamente, e a referida situação é alvo de um inquérito do Ministério Público Federal. O deputado Bolsonarista afirma que  outras compras foram feitas e igualmente pagas antecipadamente e até hoje não há sinais de devolução dos valores aos cofres públicos. 

 

“A exemplo dos contratos feitos com a Pulsar Devolopment no valor de R$ 150 milhões, que foram cancelados após denúncias realizadas por mim. No total foram mais de R$ 243 milhões pagos, antecipadamente, em vários contratos. Nenhum dos equipamentos chegaram e muito menos, os recursos foram devolvidos!”, pontua Alden. 

 

De acordo com o deputado estadual Capitão Alden, os pedidos de CPIs na Assembleia Legislativa da Bahia e no Senado Federal não têm qualquer relação. O representante do Poder Legislativo explica que no ano passado ele formalizou um pedido de  Comissão Parlamentar de Inquérito junto a Alba, entretanto, por falta de comprometimento dos demais deputados estaduais, o processo não foi efetivado. Por este motivo ele entrará com novo pedido de CPI para investigação dos atos do Governo do Estado.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário