Jitaúna: Dois falsos médicos que atuaram no município são presos em operação da PF

|

Foto: Reprodução

Dois falsos médicos – de um grupo de cinco – foram presos após atuarem em Jitaúna. A informação foi divulgada nesta terça-feira (17). Segundo a Polícia Federal (PF) em Vitória da Conquista, a atuação do grupo se dava com pagamento por transferência externa para depois serem contratados por municípios do país, em postos de saúde e hospitais.

Em Jitaúna foi descoberto que cinco médicos atuavam de forma ilegal no município, o que ocasionou a fuga do grupo de Jitaúna para cidades do Espírito Santo e Amazonas. Ainda segundo a PF, a operação deflagrada nesta terça tem como alvo a prática ilegal de medicina, falsificação de diploma por universidade estrangeira, bem como transferência externa para universidades brasileiras. Os acusados, que não tiveram os nomes divulgados, vão responder por uso de documento falso, exercício ilegal da medicina, peculato e associação criminosa.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora