Criminalista e vítima estavam juntos há dois anos, diz Polícia Civil

|

 

Morta com um tiro na cabeça, na madrugada deste domingo (17) Kesia Stefany da Silva Ribeiro, de 21 anos, morava em Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador, e mantinha o relacionamento com o advogado criminalista, Luiz Meira, suspeito do crime, há dois anos, de acordo com a Polícia Civil.

Horas antes do feminicídio, ela publicou nas redes sociais, vídeos [assista abaixo] aproveitando a piscina do prédio do suspeito, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador.

Thank you for watching

O corpo de Késia segue no necrotério do Hospital Geral do Estado (HGE) até que um familiar retire. Até o momento, ninguém da família compareceu. 

(BNews)

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora