Capitão Alden comenta entrevista de Bolsonaro e cobrança a Rui Costa sobre respiradores

|

 

O deputado estadual Capitão Alden acompanhou a entrevista do presidente Jair Bolsonaro dada à rádio Sociedade da Bahia, nesta quinta-feira (25), e comentou alguns pontos falados pelo presidente, principalmente quando o assunto foi os respiradores. 


Na oportunidade, Bolsonaro cobrou do governador Rui Costa resposta sobre a compra dos respiradores feitas pelo Consórcio Nordeste que não chegaram na Bahia e em nenhum estado nordestino. Rui era o presidente do Consórcio quando foi feita a aquisição. O presidente lembrou da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que acontece na Assembleia Legislativa potiguar e lamentou que a CPI da Covid não Senado não abordou este caso. 


“O governador da Bahia deve explicar, não é? Já que ele era o chefe do Consórcio Nordeste, para onde foram os R$ 49 milhões de reais, quando o senhor Carlos Garbas sumiu com este valor e nenhum respirador chegou. Nada foi apurado na CPI em Brasília, está sendo apurado na CPI do Rio Grande do Norte. Ou seja, o governo federal fez a sua parte. Infelizmente, o Superior Tribunal Federal determinou que o combate efetivo à pandemia deveria ser feito pelos governadores e prefeitos”, disse o presidente, quem também abordou temas como o Carnaval 2022, se posicionando contra a realização.


Capitão Alden lembrou que o governador Rui Costa disse em junho que “não tem rabo preso” e que queria “investigação e devolução de todo dinheiro público”, mas que agora não fala sobre o tema, bem como o seu ex-chefe da Casa Civil, Bruno Dauster, que ficou calado quando foi convidado a prestar esclarecimentos. 


“O governador fala o que quer, o que interessa a ele, mas prestar esclarecimentos... Mas a sociedade não vai ficar sem respostas, pois elas estão vindo do Rio Grande do Norte. Esse escândalo dos respiradores não vai ficar esquecido”, afirmou Alden. 


Ao final da entrevista, Bolsonaro ainda lembrou do investimento que o Governo Federal fez na pandemia do Coronavírus. Capitão Alden parabenizou o presidente, afirmando que o chefe do Executivo Federal trabalhou para salvar vidas do vírus e também dos efeitos que a pandemia trouxe para o trabalhador.


“O presidente falou que passou R$ 700 bilhões para o Auxílio Emergencial, para compensar a previsão de perda e receita por parte dos estados e municípios e para garantir empregos de mais de 11 milhões de pessoas”, completou Alden.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora