“Estamos lutando com todas as armas que temos para não permitir ‘Passaporte de Vacina’ em nosso estado”, dispara Capitão Alden

|

 

Deputado formalizou junto ao STJ Habeas Corpus Coletivo Preventivo

As medidas adotadas pela gestão do Partido dos Trabalhadores (PT) na Bahia têm gerado descontentamento de servidores estaduais, mas também da classe política. Um grande exemplo disto é o deputado estadual Capitão Alden, uma das principais vozes bolsonarista na Bahia, que formalizou um Habeas Corpus Coletivo Preventivo junto a Justiça. A referida petição tem o objetivo de proibir que o governador Rui Costa obrigue os profissionais do Governo do Estado e as empresas terceirizadas ligadas ao Estado apresentem comprovação de vacinação contra a  Covid-19.  


De acordo com o parlamentar, o processo encontra-se no Superior Tribunal de Justiça (STJ), ele ressalta que continuará lutando para que não seja implantado “Passaporte de Vacina” na Bahia, ainda que existam entendimentos jurídicos em outras instâncias diferentes do que ele defende.  


“Estamos lutando com todas as armas que temos para não permitir ‘Passaporte de Vacina’ em nosso estado. Jamais ficarei de braços cruzados vendo o PT destruir ainda mais nossa Bahia”, afirma Alden.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora