Capitão Alden repudia agressão contra adolescente com boné de apoio a Bolsonaro

|

 “Pregam o bem, mas praticam o ódio. É o famoso faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”. Com estas palavras que o deputado Capitão Alden repudiou a agressão sofrida por uma adolescente, em Salvador, pelo simples fato de estar em um estabelecimento com um boné com frase de apoio ao presidente Jair Bolsonaro e ao patriotismo. 


O parlamentar lembrou que vivemos em uma democracia e que ninguém pode ser impedido de se manifestar politicamente. Alden afirmou que o fato, além de ser crime, foi mais um exemplo de censura protagonizado pela esquerda. 


“A menina, de apenas 15 anos, foi agredida, censurada por querer mostrar os seus valores e princípios. É lamentável isto. É o famoso ódio do bem, um ato totalmente antidemocrático que, infelizmente, vemos crescer a cada dia”, disse o deputado. 


Capitão Alden ainda afirmou que ofereceu apoio jurídico à família da adolescente que, em contato com o gabinete do parlamentar, afirmou que registrou Boletim de Ocorrência e que espera que a justiça tome as devidas medidas para conter que o fato se repita. 


“Coloquei o gabinete a disposição e vamos cobrar punições aos envolvidos. Uma criança não pode se manifestar politicamente que é agredida? Um absurdo, uma falta de empatia. Esperamos que a justiça puna severamente e que este caso sirva de exemplo para que não volte a acontecer”, completou.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora