Torcida expulsa homem com tatuagens nazistas dentro do Campeonato Gaúcho

|

 

Um torcedor do Brasil de Pelotas foi expulso do estádio Bento Freitas, em Pelotas, no domingo (13), após mostrar duas tatuagens que remetem ao nazismo. A situação, que aconteceu no jogo contra o Novo Hamburgo pelo Campeonato Gaúcho, causou indignação em outros torcedores, que o expulsaram do local.

Em um vídeo que circula nas redes sociais é possível ver o homem sem camisa e identificar as tatuagens: uma Cruz de Ferro, no braço esquerdo, e os dizeres Mein Kampf (Minha Luta), título da biografia de Adolf Hitler, nas costas do indivíduo.

A assessoria de imprensa do Brasil de Pelotas informou que o homem foi retirado das arquibancadas pelos próprios torcedores do Xavante, que se revoltaram com as tatuagens. Ele foi confrontado por pessoas no entorno, o que causou uma grande confusão.

“Graças a gerações de xavantes que ao longo de 110 anos nos trouxeram até aqui, o Brasil tem na própria história um instrumento contra qualquer discurso ou ato de discriminação. O amor aos muitos que somos é parte da beleza do clube. É por essa consciência histórica que aqueles que se sentem representados pelos discursos de ódio, infelizmente cada vez mais comuns, são e sempre serão repelidos da Baixada. Quem diz isso não é só o clube, como instituição. É a nossa torcida, que sabe reconhecer ao longe quem não tem dignidade para se dizer Xavante”, diz o comunicado. (bahia.ba)

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora