DORIA RENUNCIA AO CARGO DE GOVERNADOR DE SP E MANTÉM CANDIDATURA À PRESIDÊNCIA

|

 

Doria foi escolhido como candidato do PSDB à presidência em novembro de 2021.

O governador de São Paulo, João Doria, confirmou, na tarde desta quinta-feira (31), a renúncia do cargo para concorrer ao Palácio do Planalto no próximo mês de outubro. Doria foi escolhido como candidato do PSDB à presidência em novembro de 2021, após uma controversa realização de prévias dentro do partido, quando enfrentou o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

A informação foi confirmada em um evento na capital paulista, quando o vice, Rodrigo Garcia, confirmou o planejamento até então indicado. Ao longo do dia, circularam informações de que Doria teria desistido de renunciar ao governo, o que provocaria a desistência automática dele na corrida presidencial. Uma série de pedidos de aliados – incluindo uma carta do PSDB que reiterou o resultado das prévias – teria provocado o recuo do recuo.

Nesta quarta (30), o ainda governador de São Paulo teria comunicado ao vice, Rodrigo Garcia, que permaneceria no posto, embolando toda a estratégia tucana para permanecer no comando do governo paulista. Com a manutenção da renúncia, Garcia deve arrefecer os ânimos (entenda aqui) e Doria mantém a própria candidatura ao Planalto, ainda que núcleos dentro do próprio PSDB estejam pressionando para que Eduardo Leite o substitua na corrida presidencial.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora