Paciente que fugiu de hospital por temer intubação morre em Londrina

|



O paciente de 45 anos com covid-19 que fugiu, no último dia 17 de março, do HU (Hospital Universitário) de Londrina, no Paraná, por medo de ser intubado, teve morte encefálica registrada na noite deste domingo, 28. Ele estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e chegou a receber intubação para tratar da doença provocada pelo coronavírus.


À época, a instituição afirmou que o paciente sofreu uma crise de ansiedade por ter medo de ser intubado, o que acabou acontecendo dias depois.


Mesmo temendo a intubação, o paciente passou pelo procedimento um dia depois de ser internado, com autorização dele e da família após conversa com a equipe médica, composta por acompanhamento psicológico. Antes de ser intubado, de acordo com o HU, ele também conversou com a esposa.


Londrina tem 45.038 casos confirmados, com 43.304 recuperados. Foram 944 óbitos resultantes da doença. Estão internados 227 pessoas nas unidades públicas e privada, sendo 103 em UTIs.

(A TARDE)


0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora