Após pai morrer de Covid, menino de 5 anos entrega currículo na empresa onde ele trabalhava em SP

|

 

Foto: Reprodução


Murilo Barbieri Braselino, de apenas 5 anos, decidiu entregar um currículo na empresa onde o pai trabalhava como segurança, em São João da Boa Vista, interior de São PauloO pai, Evaldo, morreu aos 46 anos, vítima da Covid-19. De acordo com a legislação brasileira, o trabalho infantil é proibido por violar a proteção dos direitos das crianças e adolescentes

Murilo Barbieri Braselino, de apenas 5 anos, decidiu entregar um currículo na empresa onde o pai trabalhava como segurança, em São João da Boa Vista, interior de São Paulo. O pai, Evaldo, morreu aos 46 anos, vítima da Covid-19

“Está lá em cima [no céu]. Deve estar jogando bola ou babando no sol”, disse o menino ao G1. De acordo com o jornal, a ideia do menino era de "trabalhar para ajudar a mãe", mas acabou sendo uma forma de matar a saudade e ficar mais próximo dos amigos do homem que ele tanto amava. (G1) 

 

©2011 Ubatã Sul Notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora