Policial é baleado no rosto durante caçada a serial killer em Goiás

|

 

Foto: Reprodução


Um policial militar levou dois tiros de raspão na tarde de terça-feira (15) após trocar tiros com Lázaro Barbosa de Sousa na região de Edilândia-GO. Lázaro havia capturado uma família com três pessoas e levado para um córrego próximo à chácara deles.

Chegando próximo ao córrego, Lázaro mandou as vítimas deitarem e cobriu elas com folhas para que os drones e helicópteros não avistassem as vítimas. No entanto, policiais que estavam a pé viram a cena. Neste momento, o criminoso atirou nos agentes e conseguiu fugir novamente. A família já está fora de perigo.

A família sequestrada por Lázaro na segunda (15) mora próximo à base montada pela força-tarefa.

Oitavo dia de buscas

Já são oito dias em que Lázaro vem aterrorizando a população de Ceilândia-DF, Edilândia-GO e Cocalzinho de Goiás-GO. O criminoso fugiu na última quarta-feira (9) após matar Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. A mulher da família, Cleonice Marques, 43 anos, foi levada com ele e encontrada morta no último sábado (12).

Desde então, Lázaro tem invadido chácaras, feito reféns, atirado contra caseiros e pedido comida em residências. Há 200 policiais empenhados na busca do criminoso. O secretário de Segurança de Goiás, Rodney Miranda, está na região coordenando a força-tarefa.

Fonte:Jornal de Brasília

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora