Administrador de página que denunciava facção é executado a tiros após suspeitos descobrirem perfil

|

Jovem é morto por traficantes no Rio ao denunciar facção (Foto: Reprodução)

Um homem identificado como Victor Santos Barbosa, de idade não revelada, mais conhecido por administrar os perfis do Twitter “Cpx da Penha” e “Cpx do Alemão”, foi morto nesta segunda-feira (2), com diversos tiros após uma facção descobrir que ele seria um dos administradores que denunciava a criminalidade no estado do Rio de Janeiro. 

De acordo com informações, integrantes de uma organização criminosa teria descoberto que o perfil do Twitter pertencia a Victor e que ele denunciava constantemente a criminalidade do local através de seus posts. Os suspeitos que ficaram furiosos, teriam ido até a vítima a mando de um traficante do local e efetuaram diversos disparos de arma de fogo contra a vítima. Thiago não resistiu aos ferimentos e veio a óbito ainda no local. 

Até o momento nenhum suspeito foi preso, mas, a polícia do Rio de Janeiro segue investigando o caso.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora