IBIRAPITANGA: "PEGOU MAL PARA OS EDILS"; CÂMARA PODE VOTAR NOVAMENTE PEDIDO DE AFASTAMENTO DO VEREADOR QUE FOI PRESO EM FLAGRANTE PELA PF

|

 
Vereador Aderlan ao lado do prefeito Junilson de Boró (PSD).

Na última quinta-feira (04), NEWTON SILVA DE OLIVEIRA JUNIOR, ex – advogado da Câmara de Vereadores e Joana Angélica, Presidente do Sindicato dos Servidores Público de Ibirapitanga, apresentaram requerimento pedindo que fosse anulada a votação referente a denúncia promovida em desfavor do vereador Aderlan Gomes da Silva Carvalho, que foi preso em flagrante pela Polícia Federal com dinheiro falso.

De acordo com a denúncia, o requerimento apresentado na votação foi irregular, uma vez que foi submetida de forma secreta e de acordo com Regimento Interno deveria acontecer de forma aberta, respondendo “sim” ou “não” na medida que fosse convocado cada vereador. Assim diz o artigo 254, §2º do Regimento: “O processo nominal de votação consiste na contagem dos votos favoráveis e contrários, respondendo os vereadores “sim” ou “não” à medida que forem sendo chamados pelo 1º Secretário”.

Assim, foi requerida anulação total da votação e que fosse submetida uma nova em consonância com a regra regimental na próxima sessão (8 de novembro). Dr. Newton e Joana Angélica ainda consignaram que a inércia da Câmara referente ao requerimento administrativo poderá ensejar ação judicial para apurar possíveis infrações penais como corrupção passiva privilegiada e abuso de autoridade

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora