Presidente do PSB vê entraves em aliança com PT e cobra reciprocidade do partido

|

 


O presidente do PSB, Carlos Siqueira, avalia que a federação em negociação com PT, PV e PC do B teria “muita dificuldade” de ser aprovada pelo diretório nacional do partido. De acordo com a Folha do de São Paulo, Siqueira aponta como um dos entraves o fato de o PT propor ter 27 membros de um total de 50 que deverão compor a estrutura de comando do órgão que juntará as siglas. Segundo ele, se o PSB decidisse chancelar a união, o partido perderia autonomia.

“O essencial a ser examinado é se o PSB quer continuar tendo sua política e decidindo as coisas essenciais ou [se quer estar] numa estrutura que tem essa configuração com a maioria de um partido. [Tem que decidir se] deseja entregar o seu destino a essa federação”, diz, em entrevista à Folha de S. Paulo.

O presidente do PSB ainda afirma que espera “reciprocidade” do PT em palanques estaduais.

Além disso, o presidente do PSB Também destaca a necessidade de os partidos fazerem acenos ao centro, ressalta a importância de aliança com Geraldo Alckmin (sem partido) e afirma que o mais provável é a sigla apoiar a eleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Instrumento criado no ano passado, a federação prevê que os partidos se unam por quatro anos, em âmbito nacional, estadual e municipal.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora