Funcionário recebe R$ 1,6 milhão por engano, pede demissão e foge com dinheiro da empresa

|

 

Pesos chilenos — Foto: Divulgação/BC do Chile 


Um ex-funcionário de uma empresa no Chile recebeu uma transferência bancária de cerca de R$ 1,6 milhão e sumiu com o dinheiro. De acordo com o jornal argentino Clarín, a transação foi um erro da área de recursos humanos de um dos maiores produtores de frios da região.




Antes de sumir, o homem não notificou o erro, mas a empresa percebeu e informou que ele deveria devolver o dinheiro. Apesar de ter sido avisado para que comparecesse à agência bancária para realizar a devolução, o ex-funcionário não apareceu.

Segundo o jornal, a empresa tentou telefonar para ele várias vezes, em uma delas, ele informou que acabou dormindo, por isso, não foi até a agência. Dias depois, um advogado apareceu no banco para afirmar que o cliente não estava convencido de que deveria devolver o dinheiro porque o erro não foi dele.

Na sequência, o homem pediu demissão e sumiu. A empresa abriu um processo contra o ex-funcionário denunciando-o por “apropriação indevida”. Não há informações se o ex-funcionário já foi localizado.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora