domingo, 8 de novembro de 2020

Capitão Alden é autor de proposições focadas nos cursos de preparação para PM

 


A busca constante por melhorias na Segurança Pública, principalmente na valorização dos profissionais, continua sendo uma das principais bandeiras defendidas pelo deputado estadual Capitão Alden, vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia. O parlamentar foi autor de duas indicações apresentadas na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), ambas protocoladas em outubro, que tratam sobre mudanças na preparação para a Polícia Militar (PM), tanto nos cursos de formação de oficiais quanto nos de soldados.   

 


De acordo com o deputado estadual Capitão Alden, as proposições foram direcionadas ao Governo Federal e têm o objetivo de promover alterações necessárias para o aprimoramento da PM. O parlamentar solicitou ao Presidente da República, Jair Bolsonaro, por exemplo, que no curso de oficiais seja alterada a duração que hoje é de 18 meses no mínimo, para 12 meses, considerando as matérias específicas de ciências policiais. Entretanto, será necessário que o Governo Federal promova as devidas adequações no Projeto de Lei 4.363/2001.

 

Além disso, o deputado Capitão Alden defendeu transformar o curso de formação de soldados em um curso superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública. “Com a implementação desta proposta, além de aperfeiçoar os conhecimentos, habilidades e atitudes do policial para servir e proteger os cidadãos, estaremos valorizando os agentes, permitindo que possam melhor se adequar às necessidades do mercado de trabalho”, pontua Alden.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário