Vereador assassinado em Santo Estevão era envolvido com o tráfico de drogas, diz Polícia

|

 
Foto: Correio da cidade

Uma das linhas de investigação que apura o assassinato do vereador de Ipicaetá, Sivaldo Alves Barreto (PSD), conhecido como Bagaceira (lembre aqui), é o envolvimento do político com o tráfico de drogas, segundo o delegado Luís Osório, titular da Delegacia Territorial (DT) de Santo Estevão.  Em entrevista para o site Acorda Cidade, o delegado disse que existem três linhas de investigação. Ele explica que estão praticamente descartadas que a motivação da morte tenha sido por questões políticas, ou pessoais.

“A esposa dele declarou que ele traficava, então era um vereador traficante. Estamos investigando de onde partiu esta ordem, se foi de algum grupo de Santo Estevão ou se foi de algum grupo de Simões Filho, onde ele também tinha uma base”, afirmou o delegado. O vereador, que tinha 36 anos, estava em um bar, quando foi atingido por tiros na última quinta-feira (7), na Rua Alcides Gesteira Fonseca, em Santo Estevão.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora