Ilhéus: Temporal gera calamidade pública, destruição e deixa pessoas soterradas

|

 

As fortes chuvas no extremo sul da Bahia chegaram com força também em Ilhéus. Com isso, o prefeito da cidade, Mário Alexandre, declarou estado de calamidade pública por causa dos estragos provocados pelo temporal que atinge o município deste terça e piorou nesta sexta (10) desde terça.

Conforme informações da Defesa Civil de Ilhéus, nas últimas 24 horas foram registrados 203,3 milímetros. Só em 12 horas, choveu 182 milímetros, volume maior do que o esperado para todo o mês de dezembro. “Nesse primeiro momento queremos salvar a vida das pessoas. Estamos com abrigos em diversos pontos da cidade para atender as necessidades do nosso povo”, destacou o prefeito.

Em vídeos recebidos pelo bahia.ba, é possível ver os estragos causados na cidade. Em um deles, uma mulher é soterrada e no outro, uma senhora ‘assiste’ a água invadindo sua casa.

De acordo com a a Defesa Civil, Ilhéus foi a cidade do sul da Bahia que registrou maior índice pluviométrico nas últimas 24 horas. O volume previsto para cinco dias era de 105 milímetros, contudo choveu 182 milímetros em seis horas.

Ainda de acordo com o órgão, a previsão é que chova mais 49 milímetros até a próxima segunda-feira (13).  A média histórica foi registrada em 2013, quando o índice pluviométrico alcançou 192 milímetros em 24 horas. O volume esperado para o mês de dezembro era entre 146 e 160 milímetros.

Assim como Ilhéus, outras 24 cidades baianas já declaram estado de calamidade pública. Na tarde desta sexta, o governador da Bahia, Rui Costa, chegou a fazer uma apelo pedindo que a população que está em zona de risco nessas cidades, saiam de suas casas. “Recomendamos que as pessoas que moram em áreas de risco saiam desses locais e busquem regiões mais altas. Se não tem para onde ir, procure a Defesa Civil municipal.  Não é fácil, mas pedimos que não esperem a situação piorar. Não permaneçam próximas aos rios porque o volume de água ainda se manterá alto até o domingo”, recomendou Rui em suas redes sociais”, pontuou o gestor. (bahia.ba)

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora