“Comemorar a morte de alguém é desprezível”, diz Capitão Alden

|

 

Deputado Estadual Capitão Alden

O deputado estadual Capitão Alden criticou o que chamou de “galera do ódio do bem” as personalidades públicas que manifestaram alegria pela morte do escritor Olavo de Carvalho, que ocorreu na última terça-feira (25), nos Estados Unidos da América (EUA). 


Utilizando as redes sociais, o parlamentar disse que comemorar a morte de alguém é uma é uma das posturas mais desprezíveis que o ser humano pode ter.


“Ninguém está obrigando a concordar com professor Olavo de Carvalho, mas comemorar a morte de alguém? É coisa de um ser desprezível. Uma falta de empatia tamanha com a família e amigos. O nível mais baixo que um dito ser humano pode ter”, disse o deputado. 


Capitão Alden lembrou que as mesmas figuras torceram pela morte do presidente Jair Bolsonaro quando o chefe do Executivo precisou se internar no início do ano por mais uma complicação da facada que recebeu durante campanha eleitoral. 


“Os que dizem que são feitos de amor ainda torceram pela morte do presidente quando ele esteve internado, são os mesmos que disseram que Bolsonaro forjou a facada, são os mesmos que dizem ‘ainda bem’ quando uma pessoa que resolveu não se vacinar falece”, completou o parlamentar.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora