MUNDO: JOVEM GRÁVIDA MORRE APÓS SER ESTRANGULADA PELO PRÓPRIO CABELO DURANTE ENTREVISTA DE EMPREGO

|

 

O acidente aconteceu enquanto funcionários da fábrica mostravam o local à Umida.

Uma jovem de 21 anos morreu 20 dias após ter sido estrangulada pelo próprio cabelo durante uma entrevista de emprego em uma fábrica, em Belarus, país do Leste Europeu. Umida Nazarova teve o couro cabeludo completamente arrancado no acidente e ficou internada em estado grave antes de vir a óbito.

A assistente de loja estava grávida de dois meses e buscava um emprego na fábrica Svarmet, na cidade de Borisov, que produz fios de solda e eletrodos, de acordo com reportagem do “Daily Mail”. O acidente aconteceu enquanto funcionários da fábrica mostravam o local à Umida.

O cabelo da jovem, solto, foi preso em uma das máquinas, e enrolou-se ao redor do seu pescoço. Ela foi puxada para dentro do equipamento, onde ficou presa, coberta de sangue. A mãe, Olga, relatou que a filha só não morreu na hora porque o couro cabeludo foi totalmente arrancado, e sua garganta, gravemente ferida. A bielorussa morreu 20 dias depois.

O pai, Dmitry, ainda denunciou as regras de segurança da fábrica.  “Eles viram que ela tinha cabelo comprido, então por que não lhe deram algo para cobri-lo?”. Reforçou também que o acidente resultou em duas vidas perdidas, já que ela estava grávida de sete semanas. O caso está sendo investigado pela polícia local. Os custos do velório e do enterro do corpo de Umida foram pagos pela fábrica.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora