Justiça do Espírito Santo manda igreja tirar outdoor considerado homofóbico

|

 

Foto: Redes sociais


A Justiça do Espírito Santo determinou, nesta última sexta-feira (22), que a Primeira Igreja Batista da cidade de Aracruz, retire um outdoor com conteúdo contra o ativismo LGBTQIA+.  De acordo com a decisão da juíza Ana Flavia Melo Vello, da Segundo Vara Cível, o templo cristão teve um prazo de 24 horas para que o painel fosse retirado, sob pena de multa diária de R$ 2 mil.



Além disso, de acordo com o jornal A Gazeta, a decisão ainda determina que a igreja não volte a veicular outdoors com “mensagens de caráter preconceituoso ou discriminatório à comunidade LGBTQIA+”.

No cartaz, uma família aparece se protegendo de uma “chuva de arco-íris”, acompanhada da mensagem: “A bíblia é a única proteção contra o ativismo LGBTQIA+”.  Em contato com o portal, o pastor sênior Luciano Estevam Gomes afirmou que não “há nada contra os homoafetivos e, sim, contra o ativismo [do movimento]”.

0 comentários:

Postar um comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Ubatã Sul Notícias. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

©2011 Ubatã Sul Notícias: Confiança e credibilidade nas notícias | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Davii Alvarenga - Leme Produtora